Versículo do Dia

quarta-feira, janeiro 16, 2013

Inversão de valores...

 
Tudo bem, uma empresa privada paga o que ela achar "justo" para seu funcionário, mas certas coisas que vemos são revoltantes... como a inversão de valores nesse mundo atingiu níveis que são ilógicos e surreais, além de incoerentes, tudo em prol do capitalismo. Afinal de contas, quem dá mais lucro, um jogador de futebol ou um professor?

Numa mesma reportagem em um jornal, falava da "conquista" na educação do país e logo após falava de mais uma contratação milionária de um jogador de futebol...

A realidade dos Professores... 

Brasil: Reajuste para professores
15/01/2013 - 12h36

O MEC , por meio do Ministro da educação, Aloizio Mercadante, confirmou o reajuste salarial para professores das escolas públicas da educação básica. Segundo o Ministro, o novo piso será de R$ 1.567, apenas 7,97% sobre o valor do piso antigo. Os aumentos anteriores chegaram a 22% e a 16%. Porém, o MEC afirmou que esse é um dos melhores reajustes de todas as categorias do serviço público. 

A realidade das "estrelas" do futebol...  

Corinthians mantém salário oficial de Pato similar a outros para evitar guerra de egos
05/01/2013 - 06h00


O Corinthians fechou o salário oficial de Alexandre Pato próximo ao teto do time para evitar melindres dos outros jogadores. Seus vencimentos por contrato vão girar entre R$ 400 mil e R$ 500 mil, segundo apurou o UOL Esporte. Mas ele tem possibilidades de ganhos muito maiores graças às condições acertadas com o clube.
A preocupação corintiana era de que, ao pagar muito mais para o atacante, poderia deixar contrariados jogadores que foram campeões mundiais em 2012. Por isso, fez questão de fechar um salário oficial em patamares similares ao que ganham atletas-chave do time, como Paulinho e Emerson Sheik. Também, oficialmente, Pato não terá luvas a receber do Corinthians.
 

... É, esse mundo ficou louco mesmo!!

Fontes: 
http://noticias.infoescola.com/educacao/brasil-reajuste-para-professores/
http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/01/05/corinthians-mantem-salario-oficial-de-pato-similar-a-outros-para-evitar-guerra-de-egos.htm